Prefeitura de Niterói retoma Orçamento Participativo da Juventude

Iniciativa estava suspensa por conta da pandemia de Covid-19

A Prefeitura de Niterói vai retomar o Orçamento Participativo da Juventude, que ficou suspenso por conta da crise sanitária causada pela Covid-19. Realizada em 2019, a iniciativa da Coordenadoria da Juventude ouviu jovens da cidade sobre a disponibilização de R$ 20 milhões para investimentos em 18 atividades, programas, projetos e ações. Ainda este ano, a Ocupação Cidadania Articulada (OCA) do Morro do Estado será reformada para viabilizar aulas de dança que já ocorrem no local, além de viabilizar a aplicação de novos projetos, tal como o Aprova Jovem presencial, um pré-vestibular social que já acontece online.

A iniciativa pioneira ouviu jovens de todas as áreas da cidade, com idades entre 15 e 29 anos, sobre a destinação de recursos em áreas como educação, empregabilidade, empreendedorismo, esporte, cultura e lazer. O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que o Orçamento Participativo é um instrumento de fortalecimento da democracia participativa.

“Em 2019, tivemos essa experiência de ouvir a juventude em todas as regiões de Niterói, para produzir um resultado em termos de prioridade para a cidade na leitura feita por esses jovens. Isso é muito importante para que façamos o exercício de entender como funciona o orçamento e como se define de forma democrática as prioridades para cada região, como fazer a mediação de pontos de vista em disputa. Com o Orçamento Participativo, estabelecemos projetos para vários pontos da cidade e vamos honrar com o resultado produzido na ocasião. Temos que dar continuidade a essas políticas públicas”, defendeu.

O coordenador da Juventude, Eduardo Oliveira, lembrou que foram realizadas plenárias em todas as regiões do município para que a juventude pudesse escolher o que considera a maior necessidade do seu bairro/região.

“Em 2020, foi preciso repensar o foco da administração municipal para salvar vidas. É gratificante podermos pensar agora na retomada de projetos que têm compromisso com a juventude da cidade. Ainda em 2021 vamos entregar o primeiro projeto proposto pelo Orçamento Participativo de Juventude, a reforma da OCA”, adiantou.

Também participaram do encontro o Presidente Estadual da Juventude Socialista PDT, Matheus Novais, e o presidente do Ecotrabalhismo no Rio de Janeiro, Luis Moreira.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support