logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SMEL


Início
Em 2016, Niterói e Rio de Janeiro terão férias escolares em agosto PDF Imprimir E-mail

Decisão foi anunciada pelos prefeitos das duas cidades em encontro realizado nesta terça-feira

rio

 

27/01/2015 - As férias escolares de 2016 serão realizadas em agosto nas cidades de Niterói e Rio de Janeiro. A decisão foi anunciada durante encontro entre os prefeitos dos dois municípios no início da tarde desta terça-feira (27.1), na sede da prefeitura carioca. A mudança do calendário escolar é apenas uma das medidas em conjunto que as duas prefeituras adotarão tendo em vista a realização das olimpíadas em 2016 na capital do estado.

 

Entre as medidas já acertadas estão ainda a colaboração e integração entre as duas cidades em relação à hospedagem de turistas, aclimatação e recepção de atletas de diversas delegações, realização de eventos paralelos e logística para o evento esportivo.

Uma nova reunião já foi agendada entre os dois prefeitos para março, em Niterói.  Na ocasião o prefeito do Rio deverá apresentar um relatório detalhando de que forma a parceria entre as duas cidades poderá contribuir para o período dos jogos.

Também no encontro, foram discutidas questões relacionadas a mobilidade, Baía de Guanabara e que demandam um mobilização não apenas dos dois prefeitos, mas também de outros prefeitos da Região Metropolitana do estado na busca de soluções para toda a área do Grande Rio.

“Nós vamos nos mobilizar em conjunto com os demais prefeitos dessas cidades junto ao governo do estado em busca de soluções para essas questões”, adiantou o prefeito de Niterói, enaltecendo a proximidade entre as duas cidades: “Acho que desde a fusão do estado da Guanabara nunca houve uma relação tão próxima e sinérgica entre Niterói e o Rio de Janeiro”.

O prefeito carioca, Eduardo Paes, por sua vez, afirmou que, aos poucos, a situação do trânsito deve melhorar à medida em que as obras do Porto Maravilha forem sendo concluídas e revelou que no dia 1º de março vai inaugurar o primeiro dos três túneis da região portuária e que será chamado de Rio 450.

“Sabemos que essas obras impactam não apenas no Rio, mas também em toda a Região Metropolitana e especialmente em Niterói por causa dessa conexão com a ponte. Evidentemente que vou insistir que a utilização do transporte público, como barcas e trens, será sempre a melhor alternativa. Coma inauguração desse túnel, que é o menor dos três, a situação para quem acessa parte da perimetral em direção a Niterói vai melhorar e até o final do ano inauguraremos os demais túneis.”

Paes ressalta a importância da participação de Niterói numa série de medidas que deverão ser tomadas durante as Olimpíadas e adianta uma delas:

“O nosso grande desafio é a operação da cidade durante os Jogos. Temos diversas medidas a adotar e que precisam ser implementadas em conjunto, simultaneamente. Por isso, conversei com o prefeito de Niterói e uma dessas medidas já definidas é que as duas cidades vão alterar o calendário de férias escolares de 2016 de julho para agosto. Com a relação íntima que as duas cidades têm, algumas dessas  medidas que adotaremos, eu vou pedir que sejam adotadas também em Niterói, dada a relevância de Niterói para as olimpíadas. Ainda estamos fechando esse pacote de medias e em março, vamos conversar novamente sobre isso.”

O prefeito de Niterói enfatiza que o município, além de auxiliar o Rio de Janeiro em relação à questão hoteleira, a cidade vai receber e aclimatar delegações da vela e realizar eventos paralelos durante os Jogos.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ