logo


Início
Obra de urbanização e infraestrutura na comunidade São José, no Fonseca, começa em setembro PDF Imprimir E-mail

trav-sao-jose

01/09/2017 – A comunidade São José, entre os bairros Caramujo e Viçoso Jardim, será a próxima beneficiada com obras de urbanização e infraestrutura, que terão início em setembro. A área de intervenção é de 32,4 hectares e envolve cerca de 1.500 famílias. A Prefeitura de Niterói investirá R$ 44.968,154,66 em contenções de encostas, pavimentação, saneamento, além da construção de uma quadra poliesportiva, praça com academia da terceira idade e brinquedos para crianças, além de um anfiteatro. A previsão é de que o trabalho seja concluído em 18 meses.

 

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, lembra que esta é uma obra esperada há décadas e que, com este projeto, a região será revitalizada, proporcionando muito mais qualidade de vida para os moradores.

“Está sendo fundamental a integração da secretaria executiva e de obras para a execução deste projeto. Tenho muito orgulho de estar tirando do papel obras importantes como esta, que vão mudar a realidade dos moradores. Além disso, aproximadamente 100 empregos serão gerados nesta obra”, diz.

O secretário executivo de governo, Axel Grael, explica que a obra será realizada em 10 subáreas divididas em vias da comunidade, como o trevo das ruas São José e Jerônimo Afonso, além da Rua Jardim Alvorada, Candido Miguel da Costa e Travessa do Marinheiro.

“Fizemos um amplo estudo sobre a região. Serão realizadas obras de drenagem, pavimentação, contenção, além de paisagismo e urbanização. A comunidade vai ganhar uma praça com academia da terceira idade e quadra poliesportiva”, afirma, enfatizando que as obras na comunidade fazem parte do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (Produis), que é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Para Felipe Ramos Pacheco, presidente da Associação de Moradores, a obra será um marco para a comunidade. “Teremos a história da São José antes e depois da obra. Sou nascido e criado aqui, conheço de perto todas as dificuldades que enfrentamos diariamente. Ter mais mobilidade, calçadas, iluminação, além de uma praça, vai mudar a realidade dos moradores”, conta.

Moradora da comunidade há 28 anos, Tereza Jardim de Lima, que também integra a associação de moradores, enfatiza que vem acompanhando o estudo para o projeto desde o início e não esconde a alegria ao imaginar como vai ficar a São José depois da obra. “Essas intervenções são fundamentais para essa região. Ficamos muito tempo esquecidos e, agora, tudo vai mudar. Estou muito feliz”, diz.


Contenção – Nestes quatro anos e meio, a atual administração da Prefeitura já realizou mais de 50 obras de contenção, onde foram investidos mais de R$ 40 milhões. Entre elas, pontos na Grota do Surucucu, em São Francisco, Morro do Holofote, no Fonseca, Morro do Palácio, no Ingá, Rua Engenheiro Guilherme Greenhalgh, em Icaraí, Rua Fagundes Varela, entre Ingá e Icaraí, além da obra na Rua Martins Torres, em Santa Rosa, concluída no início de março, onde uma pedra de 25 toneladas rolou em 2015 provocando a interdição de um prédio residencial e forçando moradores a deixarem suas casas.

Em março, foi assinada a ordem de início de três obras de contenção de encostas. O investimento é de R$ 11 milhões para intervenções nas Ruas Moacir Padilha e Araújo Pimenta, no Morro do Estado; na Rua 22 de Novembro e na Lopes Cunha, no Fonseca; e na Travessa Beltrão, no Beltrão. Para este ano, está acertada, ainda, a obra de contenção de encosta na Rua São Paulo, na Ponta da Areia, que tem valor de R$ 1,4 milhão.

Já as obras de contenção de encostas na Rua Bombeiro Américo, no Caramujo, e no Morro do Bonfim, Fonseca, ambas na Zona Norte, entraram na reta final e serão concluídas no segundo semestre. O investimento é de R$ 13,8 milhões.


Investimentos – A Prefeitura de Niterói já investiu mais de 100 milhões em obras de drenagem e pavimentação. Na Região Oceânica, por exemplo, foram drenados e pavimentados o Cafubá, a Fazendinha e o Bairro Peixoto, e parte de Piratininga, Camboinhas, Maravista e Maralegre. São mais de 150 ruas com obras executadas.

Atualmente, estão em andamento as obras da Avenida Professora Romanda Gonçalves e a maior obra de macrodrenagem da Região Oceânica, que irá solucionar problemas de alagamentos que existem há décadas na Estrada Francisco da Cruz Nunes em áreas como o Trevo de Piratininga, e na região perto do motel Status. Este projeto também vai beneficiar o loteamento Santo Antônio. Já estão em fase de contratação os projetos executivos do Maravista, Engenho do Mato, Serra Grande, Maralegre e Santo Antônio.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ