logo

logo logo logo Colab

Início
Lista de vencedores do edital de fomento ao audiovisual será divulgada nos próximos dias PDF Imprimir E-mail

30/08/2018 – Nos próximos dias, a Secretaria Municipal de Cultura divulgará os vencedores do edital de fomento às produções audiovisuais em Niterói. Foram mais de 300 inscritos e 41 projetos foram selecionados. Hoje (30) pela manhã, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou as obras da sala multiuso do Centro Petrobras de Cinema, em São Domingos, e também celebrou os dois anos da Parceria Público Privada (PPP) com o Reserva Cultural.

O edital, em parceria com a Ancine, foi lançado em abril com investimento de R$ 6 milhões para diferentes linhas de ação, como produção de obras cinematográficas de longa, curta e média metragem, telefilmes, obras seriadas para TV, entre outros.

“Niterói está se consolidando como um polo de referência para o setor audiovisual. O cinema e o audiovisual tem tudo a ver com Niterói, cidade que terá o primeiro museu do cinema brasileiro. O município tem capital humano que inova e produz muito neste segmento. Acredito muito na economia criativa”, afirmou Neves.

A subsecretária municipal de Cultura, Danielle Barreto Nigromonte, conta que foram recebidas muitas inscrições de pessoas da cidade, de municípios do interior e da própria capital. “Temos uma grande diversidade neste resultado. Neste edital, as pessoas terão que filmar em Niterói e as temáticas são relacionadas a Niterói. São 12 linhas de ação”, explicou Danielle.

Durante a visita às obras da sala multiuso do Centro Petrobras de Cinema, Rodrigo Neves lembrou que este será o maior auditório da cidade com capacidade para mais de 500 pessoas. A previsão é de que as intervenções sejam concluídas no fim deste ano.

“Este espaço vai homenagear este grande niteroiense, que foi o cineasta Nelson Pereira dos Santos. A sala faz parte do complexo do Museu do Cinema. A previsão é de que o  museu fique pronto em 2020, e vai contar a história do cinema e da cultura brasileira. Vai ser o primeiro museu interativo de Niterói e o primeiro museu de cinema do Brasil. Estamos levando muito a sério a visão de transformar Niterói na capital do cinema. É uma atividade indutora, com geração de emprego e renda”, enfatizou Neves.

Para o secretário municipal de Cultura, Marcos Gomes, essas conquistas representam um marco para a cidade. “Niterói foi a cidade que teve o primeiro curso de cinema criado pelo Nelson Pereira dos Santos, que está completando 50 anos agora em 2018. Temos tudo para sermos grande referência neste segmento”, disse Gomes.

Parceria – O prefeito também celebrou os dois anos da PPP com o Reserva Cultural e ressaltou que acredita muito nas PPPs como instrumento para alavancar investimentos na infraestrutura e na qualidade de vida. Neves lembrou, ainda, que Niterói é hoje á cidade com a maior proporção de salas de cinema por habitante do Brasil.

“O Reserva Cultural é um espaço que revitalizamos através de uma PPP há dois anos e que já se converteu em um dos principais equipamentos culturais dos niteroienses. Esse projeto ficou parado durante muito tempo e como não cabia à Prefeitura administrar cinema, fizemos esta PPP. Com isso, conseguimos captar investimentos do setor privado e hoje temos aqui bistrô, galeria de arte, lojas, livraria, além de cinco salas de cinema”, frisou Neves, ressaltando que a cidade também está se tornando cada vez mais cenário para produções brasileiras. “Só este ano, receberá  filmagens de Luiz Carlos Barreto e Cacá Diegues, além de cenas do filme infantil Detetives do Prédio Azul, entre outras”, acrescentou.

 
campo 110 anos
Niterói Cervejeiro

PMUS

ouvidoria


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ