logo

logo logo logo Colab

Licitações SASDH

Licitações SEMUG


Início
Primeira estação intermediária do BHLS Transoceânica ganha forma PDF Imprimir E-mail

20/11/2018 – Equipes trabalham na instalação da primeira das 11 estações intermediárias de BHLS TransOceânica. A unidade, que fica na nova praça da Avenida Central, já recebeu os pilares de sustentação e a cobertura. Em seguida, serão instalados os pisos, o bicicletário e a ligação da energia elétrica. A construção das estações é a última etapa da do corredor viário da Região Oceânica, que já conta com duas estações principais: uma no Engenho do Mato e outra em Charitas.

O secretário municipal de Urbanismo, Renato Barandier, explica que todas as estações terão câmeras de segurança, sistema de sonorização que permitirá a comunicação do Centro de Controle com os passageiros, se necessário. As unidades também contarão com painéis que irão informar o tempo de chegada de cada ônibus, além de bicicletários com 10 vagas, inicialmente.

“A estrutura possui mais de seis toneladas e viajou 1.500 quilômetros desde a fábrica no Rio Grande do Sul até a praça da Avenida Central. Mesmo com o tempo muito ruim, a complexa operação de montagem foi um sucesso. Usamos dois guindastes e duas equipes de montagem. A meta agora é entregar outras quatro estações nas próximas três semanas”, disse Barandier.

As estações estarão localizadas nos seguintes pontos: Engenho do Mato (pronta); próximo ao Rio João Mendes; rótula da Avenida Central; em frente ao Mercado Maravista; próximo à Rua São Marcio; próximo à subestação da Enel; próximo à Avenida Santo Antônio; próximo ao shopping Multicenter; perto do Hospital da Amil; na altura do DPO do Cafubá; na rótula do Cafubá (Fazendinha); próximo à AABB; Charitas (pronta).

Pelo corredor viário, que tem 9,3 quilômetros e passa por 12 bairros da Região Oceânica da cidade, circularão cinco linhas, beneficiando com transporte público de qualidade mais de 123 mil pessoas. O plano operacional da TransOceânica terá uma nova frota de 100 ônibus, sendo 40 veículos elétricos, que reduzirão as emissões de gases poluentes em 46%. Serão criadas cinco linhas de ônibus que sairão de diversos bairros da Região Oceânica. Duas novas linhas passarão pelo túnel Charitas-Cafubá seguindo até o Centro de Niterói. Uma delas sairá de Piratininga e a outra de Itaipu. Outras três linhas seguirão pelo Largo da Batalha até o Centro.

 
Niterói Cervejeiro

ouvidoria


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ