logo

logo logo logo Colab

Licitações SASDH

Licitações SEMUG


Início
MAC muda iluminação para Dezembro Vermelho PDF Imprimir E-mail

MAC

05/12/2018 – O Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) ficou, na noite da última terça-feira (04), iluminado de vermelho para chamar atenção da população sobre a importância da prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids. A iluminação faz parte do Dezembro Vermelho, uma campanha de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis.

 

Em Niterói, portadores de HIV/Aids contam com assistência e tratamento nas oito unidades da Fundação Municipal de Saúde que possuem o Serviço de Atenção Especializado (SAE) e cuidados de acolhimento e prevenção. A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos pontua que todas as unidades da rede básica realizam o teste de HIV e explica como a população é atendida pelo Serviço Especializado.

“A realização do teste em nossas unidades é importantíssima. A partir da confirmação do diagnóstico do HIV em uma unidade da rede básica ou uma unidade de urgência e emergência, o paciente é encaminhamento para o SAE e recebe todos os cuidados necessários”, detalha.

O Hospital Municipal Carlos Tortelly, no Centro, é a unidade referência para internação. O local possui uma enfermaria exclusiva com médico infectologista de plantão 24 horas e oferece atendimento ambulatorial para adultos, crianças, adolescentes. Além de psicólogo, o hospital conta com especialidades como assistente social, dentista, fisioterapeuta, dermatologista, proctologista e ginecologista.

Para atendimento ambulatorial de adultos, os pacientes também contam com a Policlínica Regional Sérgio Arouca, Policlínica Regional do Barreto, Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva e Policlínica Regional do Largo da Batalha. Gestantes HIV positivo têm atendimento na Policlínica de Especialidades da Saúde da Mulher Malu Sampaio.

“Além dos cuidados clínicos, o município oferece em sua rede ações de prevenção e promoção da saúde, como a aquisição e distribuição de insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos, gel lubrificante etc.), medicamentos e material educativo. Também realizamos campanhas para promover a solidariedade, não-preconceito e não-discriminação em relação às pessoas portadoras de HIV/Aids”, destacou a coordenadora do Programa de IST-AIDS da FMS, Márcia Santana.

Nova estratégia de prevenção Profilaxia Pré-Exposição

A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (Prep) é um novo método de prevenção à infecção pelo HIV, com um comprimido diário que impede que o vírus causador da aids infecte o organismo. A PrEP é indicada para algumas populações vulneráveis, conforme definição do Ministério da Saúde: gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH); pessoas trans; trabalhadores (as) do sexo e parcerias sorodiferentes (quando uma pessoa está infectada pelo HIV e a outra não).

Em Niterói, o atendimento para a Prep funciona no Hospital Municipal Carlos Tortelly. Os interessados podem procurar o serviço de segunda a sexta-feira, das 08 às 17h, onde a equipe acolhe e orienta sobres as medidas. A demanda é atendida por encaminhamentos de outros serviços da Rede de Saúde ou por demanda espontânea.

A PrEP não protege de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), tais como sífilis, clamídia e gonorreia, e, portanto, deve ser combinada com outras formas de prevenção, como a camisinha. As orientações e distribuição de insumos de prevenção à IST são realizadas em todos os serviços de saúde da rede municipal de saúde, inclusive equipe do Consultório na Rua e por Organizações da Sociedade Civil que atuam neste campo.

 
Niterói Cervejeiro

ouvidoria


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ