logo

logo logo logo Colab

Licitações SEMUG


Início
Plataforma Digital da Engenhoca forma mais de 2.500 alunos em um ano PDF Imprimir E-mail

27/04/2019 – A Plataforma Digital Eduardo Fabiano Maia Gouvêa, na Engenhoca, completa um ano este mês. Para comemorar a data, na próxima terça-feira (30), haverá uma solenidade de entrega de certificados de conclusão de vários cursos oferecidos na unidade para crianças e jovens. Neste primeiro ano de funcionamento, foram disponibilizadas 202 turmas de diversos cursos, com 2.557 alunos aprovados durante o período.


Também na terça-feira será a grande final do primeiro campeonato de League of Legends, um dos jogos mais populares entre os adolescentes. Doze equipes, com seis jogadores cada (cinco titulares e um reserva) participam do desafio, que começou no dia 15 deste mês.

A Plataforma Digital oferece cursos de Fotografia, Desenvolvimento de Jogos I, Introdução à Robótica com Lego, Inglês Básico, Redes de Computadores, Introdução à Apresentação emSlide e Inglês Básico Kids, entre outros. A unidade conta com telecentro (espaço de universalização digital e de acesso à internet), midiateca (sala de jogos interativos e educacionais), estúdio de áudio, cinema comunitário para exposição de filmes, shows e outras atividades educacionais e de entretenimento. O equipamento é aberto a visitação da população.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, enfatiza que os projetos desenvolvidos pela equipe multidisciplinar da Plataforma dão perspectiva para quem frequenta o espaço.

“Nós temos um componente muito importante de ensino profissionalizante, com cursos oferecidos para crianças, jovens e adultos. Tenho um orgulho enorme de termos feito importantes recursos da educação da cidade. Acredito muito que a educação e cultura são fundamentais para o desenvolvimento de uma cidade”, diz Neves.

A diretora da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, Adriana de Lima, explica que a comunidade do entorno “abraçou” a Plataforma, um espaço educativo, cultural e de entretenimento, revestido em uma arquitetura moderna e futurista, equipado com diferentes recursos tecnológicos.

“O que nos inspirou a criar esse projeto foi trazer para a população da Zona Norte oportunidades mediadas pela tecnologia para o mercado de trabalho e para a educação. As plataformas digitais têm a possibilidade de atrair vários segmentos da população, especialmente a juventude, transformando o ambiente social do seu entorno”, afirma Adriana.

Nova Plataforma – O bairro de Santa Bárbara, também na Zona Norte, ganhará uma Plataforma Digital, nos mesmos moldes da que já funciona na Engenhoca. A unidade ficará em um terreno que já pertence ao município, em frente à Praça João Saldanha. A construção começará ainda este ano e a inauguração está prevista para o segundo semestre do ano que vem.

Investimentos na Zona Norte – Nos últimos cinco anos, a Zona Norte recebeu um pacote de investimentos da Prefeitura de Niterói. Entre as iniciativas está a ampliação da rede municipal de ensino da região, que ganhou sete novas unidades de educação. Ao todo, foram abertas mais de mil vagas. Principal área de lazer da Zona Norte, o Horto do Fonseca foi totalmente revitalizado e ganhou um dos maiores skateparks do País. A Prefeitura também duplicou a Rua Benjamin Constant e reformou o Horto do Barreto.

O Morro do Holofote, Morro do Bonfim, Bombeiro Américo, Rua Selma e Travessa Jurandir são alguns dos pontos beneficiados com obras de contenção de encostas e urbanização. A emergência do Getulinho, que estava fechada e foi reaberta em janeiro de 2013, logo assim que a nova gestão assumiu a Prefeitura de Niterói, já realizou mais de 500 mil procedimentos.

 

PMUS


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ