logo

logo logo logo Colab

Licitações SEMUG


Início
Santa Bárbara recebe obra de contenção de encosta PDF Imprimir E-mail

12/06/2019 – Niterói terá mais uma obra de contenção de encosta. Nesta terça-feira (11), o prefeito Rodrigo Neves assinou a ordem de início para intervenção na Rua Custódio Esteves, em Santa Bárbara, Zona Norte. Para este trabalho, serão usadas técnicas como solo grampeado revestido com biomanta, além de uma cortina atirantada de 80 metros de extensão. O investimento da Prefeitura de Niterói neste projeto é de cerca de R$ 5 milhões. A previsão é que a obra seja concluída em sete meses a partir da assinatura da ordem de início.



"Tivemos investimentos importantes nesta região como a Estação de Tratamento de Esgoto do Sapê, em parceria com a Águas de Niterói, que também irá beneficiar os moradores de Santa Bárbara. Entregamos, recentemente, a praça e o campo completamente revitalizados. A obra de contenção é fundamental", enfatizou o prefeito.

Moradora de Santa Bárbara há 20 anos, Fabiane Costa, 40, fez questão de agradecer ao prefeito.

"Desde 2010 esperamos esta obra. Será uma grande conquista para os moradores. Vamos poder dormir tranquilos em dias de chuva, sem preocupação de novos deslizamentos", disse Fabiane.


Mapeamento – Além desta área em Santa Bárbara, a Prefeitura de Niterói está realizando obras de contenção de encostas em 54 pontos da cidade. O investimento do município será de aproximadamente R$ 78 milhões. Estas áreas foram indicadas pelos laudos da Defesa Civil e hierarquizadas pelo mapeamento de risco contratado pela atual gestão municipal.

O estudo analisou cerca de dois mil pontos de atenção na cidade, indicados pela Defesa Civil, Ministério Público e lideranças comunitárias, e apontou 56 áreas de risco muito alto, 124 de risco alto, 53 de risco médio e 25 com baixo risco. As contenções serão realizadas nas áreas classificadas como risco muito alto. Dois dos 56 pontos já estão em obras: Morro do Arroz e Jonathas Botelho. As novas intervenções acontecerão de forma simultânea e têm previsão de conclusão de seis a 12 meses, de acordo com a especificação de cada área.

Entre as regiões beneficiadas nesta etapa estão Morro do Estado, Morro do Cavalão, Morro do Céu, Peixe Galo, Morro do Bumba, Jurujuba, Charitas, Bairro de Fátima, Ponta D’Areia, Pé Pequeno, Santa Rosa, Vital Brazil, Ititioca, Engenhoca, Tenente Jardim, Sapê, Fonseca e Maceió. Também serão contempladas as ruas Alarico de Souza, 79 (Santa Rosa) e João Teodoro da Silva (Cantagalo).

Investimentos – Desde 2013, a Prefeitura de Niterói fez aproximadamente 70 obras de contenção de encostas, entregou mais de 2.400 casas populares e está desenvolvendo um trabalho específico, focado em áreas de alto risco geológico. Foram investidos mais de R$ 200 milhões em contenção de encostas.

A Prefeitura municipalizou o sistema de alerta e alarme por sirenes em setembro de 2016, quando o Governo do Estado anunciou que não poderia arcar com a manutenção dos equipamentos. Em nenhum momento o serviço deixou de funcionar na cidade e, atualmente, Niterói conta com 30 sirenes de alerta para desastres naturais em 28 pontos, além de 30 pluviômetros próprios do município, além dos 16 fornecidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), totalizando uma rede de 46 pluviômetros.

Já foram implantados 58 Núcleos de Defesa Civil (Nudecs), com cerca de dois mil voluntários capacitados em primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, percepção de riscos geológicos e sistema de alerta e alarme.
do em R$ 200 milhões.

 

PMUS


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ