logo


Início
NISE DA SILVEIRA – SENHORA DAS IMAGENS A Arte que explode do inconsciente PDF Imprimir E-mail

Considerado pela crítica especializada um dos melhores espetáculos de 2011, “Nise da Silveira – Senhora das Imagens” chega ao Teatro Municipal de Niterói a preços populares no período 10 a 19 de junho . Elogiada pelo público que lotou todas as sessões da temporada carioca, a montagem multimídia tem coreografia assinada pela bailarina Ana Botafogo e trilha sonora original de João Carlos Assis Brasil, um dos maiores pianistas brasileiros. “Nise da Silveira – Senhora das Imagens” conta também com as participações especiais do escritor Ferreira Gullar (em vídeo) e do ator Carlos Vereza, representando, em off, a voz do psicanalista Carl Gustav Jung, importante referência na vida da Dra. Nise. As apresentações em Niterói serão gravadas para o DVD do espetáculo.

A encenação reúne teatro, música, dança e projeções multimídias para contar a história de uma das mulheres brasileiras mais importantes do século XX. Precursora de métodos alternativos de tratamento psiquiátrico, Dra. Nise revolucionou a medicina tradicional abolindo os usuais choques elétricos e passando a utilizar terapias que abordavam pintura, escultura e modelagem. E, agora, sua história chega aos palcos na pele da atriz Mariana Terra, sob a dramaturgia e direção de Daniel Lobo. A dramaturgia também contou com o incentivo de Ferreira Gullar, (escritor, poeta e biógrafo de Nise) e Marco Lucchesi (diversas vezes vencedor do Prêmio Jabuti, doutorado em Ciência da Literatura e pós-doutorado em Filosofia da Renascença, na Universidade de Colônia, Alemanha).

Nise da Silveira – Senhora das Imagens” não é uma biografia teatral convencional. Até porque, a própria Dra. Nise se negava a escrever sua biografia, por considerar que a linearidade cronológica do gênero não consegue revelar o que há de profundo na existência. O espetáculo apresenta um painel dos acontecimentos marcantes da vida da psiquiatra, pioneira no uso das artes para os tratamentos psiquiátricos. A infância em Alagoas, do começo do século XX; o início de sua formação acadêmica, em Salvador; a chegada ao Rio de Janeiro, em 1927; sua paixão por Artaud; o encontro com o psicanalista suíço Carl Gustav Jung, discípulo predileto e rompido de Sigmund Freud; até a consagração internacional do trabalho dessa psiquiatra que mudou os rumos da medicina. Na encenação, Mariana Terra é Nise da Silveira. A atriz é filha de Raffaele Infante, renomado psiquiatra que conviveu com Nise. PHD em psiquiatria, na Inglaterra, Infante foi também diretor do IPUB-UFRJ, além de criador da Psicodramaturgia, desenvolvendo no teatro um trabalho similar ao que a Dra. Nise realizava nos ateliês. Eles foram cúmplices na renovação da psiquiatria por utilizarem a arte como “arma” para fazer a diferença. E o envolvimento de Mariana com o espetáculo vai além do palco. Ainda menina, conheceu a Dra. Nise através de seu pai. Segundo a atriz: “Nise fez sua passagem num dia das Bruxas, 31 de outubro. E foi num dia das bruxas que nasci, na Inglaterra. Fazer Nise no teatro é dar vez a voz do coração. Um mergulho profundo nas águas do inconsciente, e também na minha própria história.”

A concepção multimídia traz projeções de obras do Museu de Imagens do Inconsciente e um depoimento inédito de Ferreira Gullar, biógrafo de Nise. A equipe de criação conta ainda com cenários e figurinos de Ronald Teixeira, desenho de luz de Djalma Amaral e preparação vocal de Angela Herz. As composições, inéditas de João Carlos Assis Brasil, tiveram a participação de Marco Lobo,percussionista de Milton Nascimento e Maria Bethânia, entre outros.

A obra da Dra. Nise da Silveira, que viveu 94 anos, foi de extrema importância, pois mudou, de forma definitiva, o tratamento psiquiátrico que se fazia no Brasil, na década de 40. Na década de 50, fundou a Casa das Palmeiras e o Museu de Imagens do Inconsciente, no Centro Psiquiátrico Pedro II, no Engenho de Dentro (RJ), onde estão reunidas as obras produzidas nos ateliês. Tão revolucionárias como Nise, as entidades são, ainda hoje, referências n o tratamento psiquiátrico brasileiro.

- Raras vezes me emocionei tanto vendo um espetáculo teatral. A sensível adaptação do percurso de Nise da Silveira na psicanalise, sua vida, e a entrega e o talento de uma atriz possuidora de uma técnica invejável, me fazem cada vez mais me entusiasmar com o Teatro. Que os Deuses os Protejam. Afirmou o ator e diretor Gracindo Júnior.

Já Paulo Betti, destacou a importância da Dra. Nise, e a forte carga emocional da peça.

- É preciso assistir a “Nise da Silveira – Senhora das Imagens”, porque a Nise é uma mulher que precisa ser relembrada o tempo todo pela importância da sua obra para a psiquiatria. Além disso, a atriz (Mariana Terra) tem um comprometimento visível com o que é encenado. É um monólogo de carga emocional forte, em que ela representa  Nise e a si mesma.

FICHA TÉCNICA:

Idealização, concepção geral, dramaturgia e direção: Daniel Lobo

Interpretação e Co-Dramaturgia: Mariana Terra

Participações em vídeo: Ferreira Gullar, Ednaldo Lucena e Gilray Coutinho

Voz Jung: Carlos Vereza

Poema de José Alberto (Frequentador do MII): “O olhar do louco”

Projeção das obras do Museu de Imagens do Inconsciente: Pinturas de Adelina Gomes, Fernando Diniz, Carlos Pertuis, Raphael Domingues, Octávio Ignácio, Emygdio de Barros e Isaac Liberato

Coreografia: Ana Botafogo

Direção musical / Trilha sonora original: João Carlos Assis Brasil

Percussão: Marco Lobo

Cenografia e Figurino: Ronald Teixeira

Desenho de Luz: Djalma Amaral

Preparação vocal: Angela Herz

Fotografia: Jackeline Nigri

Realização: Essencial Companhia de Teatro e Idéia Fixa Produções Artísticas

Críticos elegem “Nise” um dos melhores espetáculos em cartaz

"Música, coreografia e texto inspirados rendem um belo tributo à psiquiatra Nise da Silveira" Revista Veja - Carlos Henrique Braz

"Mariana Terra, com um trabalho de categoria e graça, usa máscaras, dança e canto. Harmônica e graciosa coreografia de Ana Botafogo. Trilha e música original de João Carlos Assis Brasil encantadoras" - O Globo - Barbara Heliodora

Outras informações:

Telefone para Informações: (21) 2620-1624 (Teatro Municipal de Niterói)

Reservas antecipadas: (21) 3181-4933 / 9607-9593

SERVIÇO

Nise da Silveira – Senhora das Imagens”

A história de uma das mulheres mais importantes do século XX é contada no espetáculo que reúne teatro, música, dança e projeções multimídia.

Data: 10 a 19 de Junho de 2011 – Sexta a Domingo

Promoção de lançamento: R$20,00 (Vinte reais) somente nos dias 10, 11 e 12.

Horário: Sextas e sábados 21h. Domingos 20h (não será permitida a entrada após o início da sessão)

Preço dos ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada) para estudantes, pessoas com 60 anos ou mais e professores.

Local: Teatro Municipal de Niterói. Rua XV de Novembro, 35 • Centro • Niterói • RJ

Duração: 90 minutos

Classificação etária: 16 anos

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ