Mais de 200 mil refeições servidas no Restaurante Cidadão de Niterói Imprimir

28/06/2017 – O Restaurante Cidadão Escritor Jorge Amado, no Centro, já serviu mais de 79 toneladas de alimentos – entre 220 mil almoços e 40 mil cafés da manhã – desde que foi municipalizado pela Prefeitura de Niterói e reaberto ao público, em 2 de janeiro deste ano. O local, que recebeu a visita do prefeito Rodrigo Neves nesta quarta-feira (28/6), será o único restaurante popular em funcionamento a partir da segunda-feira (3/7), quando as unidades de Duque de Caxias e Nova Iguaçu, terão suas atividades encerradas.

“Esse restaurante era um equipamento do Governo do Estado, ficou fechado em novembro e dezembro, e nós reabrimos em 2 de janeiro. Foi meu primeiro ato como prefeito reeleito da cidade. Fizemos obras muito importantes na cidade, como o túnel Charitas-Cafubá, mas reabrir esse restaurante é uma das coisas que me deixam mais feliz. É muito importante olhar por aqueles que mais necessitam, que estão sofrendo mais com essa crise, como os desempregados, aposentados e estudantes”, destacou o prefeito, que foi surpreendido com um bolo em comemoração ao seu aniversário de 41 anos.

A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Verônica Lima, afirma que o restaurante é o equipamento mais importante da política de segurança alimentar do Município e ressalta que o cardápio é balanceado, elaborado por nutricionistas.

“Saber que o Restaurante Cidadão está servindo a tantas pessoas e proporcionando uma alimentação digna e de qualidade me deixa muito emocionada. Nossa missão perante a sociedade é garantir a cidadania plena do povo e a municipalização do restaurante trouxe isso, o resgate da cidadania e dignidade dessas pessoas”, ressalta a secretária.

Frequentadores assíduos do restaurante, os aposentados Lígia Maria Gomes, de 71 anos, e José Antônio Gomes, de 82, contam que almoçam no local três vezes por semana, quando saem de Alcântara, em São Gonçalo, para fazerem tratamento médico em Niterói.

“No final do ano passado, quando o restaurante fechou, foi muito difícil para a gente. Ter este almoço aqui nos permite continuar fazendo o tratamento médico. Foi uma benção quando reabriu”, conta Lígia.

“Agora o restaurante está mais limpo, arrumado, temos até decoração junina. A comida também ficou mais gostosa”, completa José.

A enfermeira aposentada Sílvia Barros, 80 anos, aproveita para almoçar no Restaurante Cidadão quando vem ao Centro de Niterói para fazer compras ou resolver algum problema.

“Comecei a almoçar aqui este ano e todas as vezes foi muito bom. A comida é muito gostosa e é ótimo para mim, que moro sozinha, ter esta facilidade”, explica.

O almoço é servido de segunda a sexta, das 10h às 15h, no valor de R$ 2, com cardápio variado. O café da manhã, das 6h às 9h, que custa R$ 0,50, é composto por pão com manteiga e café com leite, café puro ou refresco.