Guarda Ambiental de Niterói resgata tartaruga em Camboinhas Imprimir

tartaruga
06/07/2017 –
Após denúncias de moradores e frequentadores da praia de Camboinhas, na Região Oceânica, agentes da Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA) da Guarda Municipal de Niterói resgataram, na tarde desta quinta-feira (6/7), uma tartaruga marinha presa em uma rede de espera de 200 metros que estava posicionada entre a praia e o canal de Camboinhas.

 

Com o auxílio de pescadores e banhistas, os agentes do município conseguiram recolher a rede e constataram, além da tartaruga, diversos peixes presos ao aparato. Segundo o subinspetor Edson Jorge, comandante da CMA, no momento em que retiraram a rede da água, os agentes acharam que a tartaruga estava sem vida. No entanto, ao perceberem que o animal ainda se mexia, os guardas realizaram até mesmo manobras de ressuscitação.

“Quando percebemos que ela estava viva executamos massagem cardíaca no animal", disse o comandante.

Ao perceber a movimentação na praia, o proprietário da rede apareceu no local e, além da apreensão do material, ele foi encaminhado para 81ª Delegacia Policial, em Itaipu, para prestar esclarecimentos. Enquanto isso, a tartaruga resgatada foi encaminhada para sede da CTA Meio Ambiente, em Itaipuaçu (Maricá), para tratamento e reabilitação.

A Guarda Municipal instrui que, em caso de flagrante de crimes ambientais como este, o cidadão entre em contato com o serviço de urgência 153, que é atendido no Centro Integrado de Segurança Pública, o CISP, em Piratininga.