CLIN recicla livros abrindo biblioteca para funcionários Imprimir

14/08/2017 – Funcionários da Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN) poderão soltar a imaginação e embarcar em grandes “viagens” literárias no caminho de volta para casa após um dia de trabalho. A partir de hoje eles tem à sua disposição na sede administrativa da empresa, mais de 400 livros, sejam eles didáticos, de romance, filosofia, história e até mesmo, infantis. Esse passeio cultural acontecerá graças a um espaço gratuito disponibilizado para quem trabalha na companhia: uma biblioteca que fica ali, bem convidativa, dentro da sede. É só o funcionário chegar, selecionar o livro que deseja e levar para casa.

Os livros são adquiridos através de um projeto em que os próprios garis participam diariamente: a coleta seletiva. No primeiro dia, 100 livros já foram levados para casa pelos funcionários. Fica a critério dos próprios do leitor se quer ou não devolver os livros.

Para o funcionário Márcio Júnior, a biblioteca vai facilitar o acesso à leitura e vai ajudar a encurtar o trajeto entre a casa e o trabalho, ou mesmo na hora de enfrentar uma longa fila no banco.

“Essa ação tem tudo para ser um sucesso. Muitos funcionários têm filhos na faculdade e muitas vezes não têm condições de comprar os livros, que são bem caros. Vi que aqui teremos livros de direito, medicina, filosofia. Isso vai facilitar muito a vida de todos. Eu já escolhi alguns para levar para o meu filho, que está fazendo o curso de técnico de Segurança do Trabalho. Foi uma excelente iniciativa”, elogia.

O presidente da CLIN, Luiz Carlos Fróes Garcia, afirma que a iniciativa foi muito bem aceita por todos e será estendida para os 14 distritos de limpeza espalhados pela cidade. Não haverá limitação de exemplares por funcionário, nem restrição em relação ao conteúdo. Caso os funcionários queiram, também poderão doar livros para a biblioteca.

“Inauguramos hoje e cerca de 100 livros já foram levados pelos nossos funcionários. Isso nos deixa muito felizes. São diversos títulos interessantíssimos que recebemos através da nossa reciclagem e que, a partir de agora, os funcionários poderão levar casa. Levaremos essa ação para todos os nossos distritos e faremos com que todo esse material tenha um destino muito mais útil. Muitas pessoas não têm acesso a livros ou acham que não terão tempo para ler, mas com essa iniciativa estimulamos o hábito da leitura, além de ajudar os filhos dos funcionários em pesquisas”, explica Fróes.