Parque das Águas fica pronto em setembro Imprimir

15/08/2017 – Uma das principais áreas de lazer em revitalização em Niterói, o Parque das Águas, no centro da cidade, entrou em fase final de acabamento e deverá ser entregue até o fim do próximo mês.

Nesta terça-feira, 15/8, o prefeito Rodrigo Neves vistoriou o local e conversou com técnicos e operários. Ao final da visita, que durou cerca de uma hora, Neves fez uma avaliação do local e de sua importância para a região:

“Essa é uma área do centro da cidade sem uso público, causado pela dificuldade de acesso. No entanto, esse projeto do Parque das Águas, com um programa de educação ambiental, cultura e lazer, tem o objetivo de incentivar a preservação dos recursos hídricos e naturais para as atuais e futuras gerações. Esse local é extraordinário e faz parte do Patrimônio Histórico de Niterói, pois é o primeiro grande reservatório de água construído na cidade, no fim do século XIX.”

O prefeito explica que o projeto tem o objetivo de transformar o espaço numa nova área de convivência para as famílias niteroienses.

“O Parque das Águas é um local muito especial que muitos niteroienses não conhecem. O projeto que está sendo executado integra o conjunto de ações com foco na sustentabilidade ambiental que temos desenvolvido ao longo dos últimos três anos. Nesse período, fizemos o plantio de milhares de árvores, protegemos áreas verdes com o Parnit, incentivamos o uso da bicicleta.

Tenho certeza que, assim como o Skatepark de São Franscico, o Horto de Itaipu e o novo Horto do Fonseca, esse novo parque, mais acessível e mais organizado, e com estrutura adequada para receber visitantes será um novo espaço, de encontro e convivência”, explica o prefeito.

Rodrigo Neves afirmou, ainda, que o cronograma da obra segue dentro do programado e que a inauguração do Parque das Águas deverá ocorrer no próximo mês.

 

O Parque das Águas

O parque ocupa uma área de 32 mil metros quadrados do Morro da Detenção, tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), e abriga uma das últimas áreas verdes numa das regiões mais densas da cidade. No local foi construído, no século XIX, um sistema para o abastecimento de água para a cidade e que, ainda hoje, distribui água para alguns bairros.

A Prefeitura de Niterói incluiu o parque entre as prioridades para os investimentos do Projeto de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (PRODUIS), com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O investimento é de R$ 7,8 milhões.

As intervenções em andamento incluem a construção de um elevador de acesso para a população em geral, com atenção para cadeirantes e portadores de necessidades especiais, criação de um espaço de lazer e de convívio e reforma de um auditório. O parque também será um local de treinamento para a Defesa Civil e os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil nas Comunidades (Nudecs).

Também estão previstas a recuperação da área verde, restauração dos jardins, caminhos, trilhas e melhoria da drenagem; além do planejamento do programa de educação ambiental, que terá como tema a água. Dentre os objetivos da revitalização, destaca-se ainda a realização de eventos culturais, como shows.