Atividades lúdicas em Niterói chamam atenção para cuidados no trânsito Imprimir

22/09/2017 – As ruas de Niterói estão recebendo, nos últimos dias da Semana Nacional de Trânsito, ações de conscientização em vários pontos da cidade. A Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans), o programa Niterói de Bicicleta e a Fundação Municipal de Educação estão levando para vias movimentadas do município, como a Avenida Amaral Peixoto, atividades lúdicas para chamar atenção dos atores envolvidos na dinâmica de trânsito. No sábado (23), a equipe vai estar na Gavião Peixoto, na altura do Campo de São Bento e, no domingo (24), no Alameda São Boaventura, na altura do Horto do Fonseca, a partir das 10h.

 
Na última quinta-feira, a atividade contou com palhaços e educadores de trânsito, que realizaram diferentes abordagens com quem passava pela Amaral Peixoto, no final da tarde. A coordenadora do Niterói de Bicicleta, Isabela Ledo, contou que a ideia é que esse tipo de ação seja realizado ao longo do ano.

"Escolhemos pontos em que identificamos maiores índices de conflito entre pedestres, ciclistas e motoristas para realizarmos essas abordagens", explicou.

Com um sorriso no rosto, a chefe do Departamento de Educação para o Trânsito da NitTrans, Priscilla Lundstedt Rocha, alertava pedestres invadindo calçadas, motociclistas utilizando o capacete de forma errada e motoristas parando em cima da faixa.

"Nossa função aqui é educacional. Queremos conscientizar as pessoas para que elas escolham sempre fazer o certo, em seu próprio benefício, para ficar em segurança", detalhou.

A estudante Andreza Domingues, de 22 anos, aceitou participar, e atravessou a avenida segurando um cartaz sobre o número de mortes em acidentes de trânsito no país.

"Costumo andar de bicicleta, e acho que falta respeito com o ciclista, e por parte do ciclista. É importante ter esse tipo de ação para conscientizar a população sobre as regras de trânsito", disse.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o quinto país com mais mortes no trânsito. Os acidentes de trânsito são os maiores responsáveis por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade, o segundo na faixa de 5 a 14 anos e o terceiro na faixa de 30 a 44 anos.