Prova Brasil 2017 será aplicada entre 23 de outubro e 3 de novembro Imprimir

19/10/2017 – A Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), conhecida nacionalmente como Prova Brasil, será realizada entre os dias 23 de outubro e 03 de novembro. Aplicada para os alunos de 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio das redes municipal, estadual e federal, o objetivo do exame é diagnosticar o sistema educacional brasileiro e avaliar o desempenho dos alunos e o trabalho realizado pelas escolas, professores e diretores.

Este ano a novidade é que mais escolas da rede privada também participarão da prova, que é realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e complementar ao Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O exame constará de questões de Língua Portuguesa, com foco na leitura, e Matemática, com enfoque na solução de problemas.

A avaliação será dividida em quatro blocos com 11 questões de cada disciplina para os alunos do 5° ano e quatro blocos com 13 questões para os estudantes do 9° ano (Ensino Fundamental) e 3° ano do Ensino Médio. A prova deverá ser feita em uma hora e quarenta minutos e haverá também um tempo adicional para marcar o cartão resposta. Os professores e diretores das turmas participantes responderão a um questionário sobre dados demográficos, condições de trabalho e perfil profissional.

O resultado obtido na prova auxilia no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), o que permite ao Ministério da Educação (MEC) e às secretarias estaduais e municipais de Educação desenvolver estratégias para a melhoria da qualidade de ensino no país.

A secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Flávia Monteiro, destacou a importância da preparação dos estudantes para a realização da prova.

“Temos a expectativa de que os nossos alunos tenham um bom desempenho, pois estamos construindo caminhos para uma Educação de qualidade na rede. Uma das nossas estratégias é a realização do reforço escolar com o objetivo de ajudar a superar as dificuldades de aprendizagem dos discentes”, declarou.

Segundo o presidente da FME, Bruno Ribeiro, a formação dos profissionais da Rede tem reflexo direto no desenvolvimento dos alunos.

“É importante investir na formação dos professores inseridos no âmbito escolar, pois ela se relaciona com o processo de aprendizagem dos estudantes e, desta forma, podemos obter gradativamente um ensino público de qualidade”, destacou.

Para mais informações sobre as diretrizes dos exames acesse a publicação do Diário Oficial da União (DOU):

http://download.inep.gov.br/educacao_basica/saeb/2017/legislacao/portaria_n447_24052017.pdf