PMs do Proeis farão a segurança nos locais de votação da consulta pública Imprimir

24/10/2017 – A segurança nos 46 locais de votação da consulta pública, neste domingo, será garantida por policiais militares do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis). Serão dois PMs em cada ponto, totalizando 92 policiais envolvidos na operação. Eles poderão solicitar, se necessário, apoio das forças de segurança. Com isso, o efetivo do 12º Batalhão não terá afetada sua rotina de patrulhamento nas ruas da cidade.

O Proeis é custeado integralmente pela Prefeitura, através de convênio firmado com a PM, e disponibiliza 150 vagas diárias para que PMs, até mesmo de outros batalhões, realizem patrulhamento pelas ruas do município em seus horários de folga.

O Proeis existe desde 2012 e foi renovado pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, pela primeira vez, em abril de 2013. O programa permite que policiais militares possam, voluntariamente, trabalhar em seus horários de folga e receber gratificação por conta da adesão. Em Niterói, o programa é custeado pela prefeitura, mas a fiscalização é realizada de forma integrada entre o município e a PM.

Na consulta pública os niteroienses decidirão se a Guarda Municipal poderá ou não usar armas de fogo. As urnas estarão abertas das 8h às 17h e todos os eleitores cadastrados na cidade poderão votar e assinalar na cédula eleitora sim ou não a pergunta: “Você é a favor do uso de armas de fogo pela Guarda Municipal de Niterói?” Se a maioria dos consultados se manifestar favoravelmente à questão, a medida será adotada na cidade de acordo com a política de segurança pública em vigor.

Os endereços dos locais de votação podem ser consultados no site www.decideniteroi.com.br. No site, com os números da zona e seção eleitoral, o eleitor pode conferir onde deverá votar. Em número reduzido, os locais de votação não são, na maioria dos casos, os mesmos de eleições anteriores.