Conceito de cidades inteligentes é tema de simpósio em Niterói Imprimir

24/10/2017 – A Prefeitura de Niterói realizou nesta terça-feira (24), o Simpósio "Cidades Inteligentes Conectando com o Futuro”, no auditório da Enel, em Niterói. O evento, que é parte do calendário da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, foi aberto em solenidade que contou com a presença do secretário executivo da Prefeitura de Niterói, Axel Grael, o secretário municipal de Ações Estratégicas, José Seba, o prefeito de Cachoeiras de Macacu, Mauro Soares, representando o Conleste, a diretoria da subsecretaria municipal de Ciência e Tecnologia, Adriana Neves, Claudia Guimarães, representando a concessionária Enel, e os vereadores niteroienses Anderson Pipico e Bira Marques.

 

A primeira palestra do dia teve a participação de Thomaz Assumpção, CEO da Urban System e organizador do Ranking das Smart Cities, e do arquiteto e urbanista Washington Fajardo. Após a pausa para o almoço aconteceu o painel “As Novas Relações Produtivas e o Mundo do Trabalho”, com a participação de Ladislaw Dowbor, economista e professor titular da PUC-SP. Manuel Thedim, economista e Diretor Executivo do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (IETS) e Roberta Hanthequest, da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia de Niterói.

A terceira palestra do dia, “Inovação tecnológica na construção das cidades inteligentes” contou com as presenças do Secretário Executivo da Prefeitura de Niterói, Axel Grael, Gustavo Carvalho, Coordenador de Projetos do Colab.Re  e André Luiz Azevedo, Pesquisador sobre Smart Cities da Universidade Federal Fluminense. No encerramento, foi lançado o livro “A Era do Capital Improdutivo” do professor Ladislau Dowbor.

O secretário José Seba parabenizou a Prefeitura de Niterói e o Conleste pela iniciativa de realizar o simpósio.

“Contamos com a presença de excelentes debatedores, e os temas foram bem abordados, sinalizando para o progresso de nossos municípios”.

O prefeito de Cachoeiras de Macacu, Mauro Soares, afirmou que eventos como esse trazem muitos benefícios não só para Niterói, mas para toda a região.

“É um tema atual e de grande importância para todas as cidades do estado. Traz uma grande contribuição para o desenvolvimento dos municípios que compõem o Conleste”, afirmou.

A diretora da subsecretaria municipal de Ciência e Tecnologia, Adriana Neves, ressaltou a importância do conhecimento na área tecnológica para o desenvolvimento dos municípios.

“Entendemos que o desafio das cidades em virarem cidades inteligentes extrapola os limites territoriais. Se não discutirmos com os outros municípios, esse desenvolvimento não acontece. Niterói tem uma ótima representatividade nesse sentido”.