Programação especial comemora o mês da mulher em Niterói Imprimir

02/03/2018 – Passeio ciclístico na Ilha do Pontal, caminhada na orla de Icaraí, entrega do prêmio Inês Etienne Romeu, palestras, lançamentos de livros, rodas de conversa e saraus de poesia são algumas das atrações para celebrar o mês da mulher em Niterói. As atividades são promovidas pela Prefeitura de Niterói, em parceria com organizações civis, empresas e associações, e há programas para todos os públicos. Na noite da quinta-feira (1º), uma solenidade marcou o início das comemorações.

A primeira-dama do município e presidente do movimento social Niterói Mais Humana, Fernanda Sixel, destacou que o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), da Prefeitura de Niterói, é fundamental para o enfrentamento à violência contra as mulheres. Mensalmente, a coordenadoria atende em torno de 120 mulheres da cidade, de diferentes classes sociais.

“Desde o início da gestão, a Prefeitura de Niterói desenvolve e investe em políticas para assegurar todos os direitos femininos, entre elas o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica. Infelizmente, toda mulher tem uma história para contar relacionada a assédio, abusos, entre outros. Por isso é tão importante reafirmar o papel da mulher na sociedade. O slogan da programação esse ano é #merespeita, justamente para reforçar essa necessidade”, afirmou Fernanda.

A coordenadora da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), Ana Lúcia Fernandes, destacou que a programação do mês da mulher foi construída por muitas mãos, que acreditam na transformação da vida das mulheres através da promoção de ações que reconheçam e fortaleçam as lutas cotidianas.

“Para nós, mulheres, viver é uma luta cotidiana. Esse momento, para além de ser de comemoração, é para relembrar a luta das mulheres que vieram antes de nós e sonharam com um mundo com menos desigualdade. A elas o nosso eterno agradecimento”, disse Ana Lúcia.

Neste sábado (3), a agenda conta um PicNic do Projeto Espelho Meu, com o tema “trabalhando com mulheres reais”, um evento voltado para o autorreconhecimento, valorização e autoestima, às 9h no Horto do Fonseca. Neste domingo (4), a Companhia Jackher realiza uma dança cigana, às 11h, no Horto de Itaipu.

Entre os destaques da programação está a homenagem, no dia 8, às 12h, às mulheres niteroienses no Centro de Convivência para Idosos Intergeracional Helena Tibau, em Santa Rosa, e às 13h, às servidoras municipais, no Teatro Municipal de Niterói.

O dia 23 será de atividades no Ceam, no Centro de Niterói. O evento, que começa às 10h, terá feira de economia solidária com gastronomia, acupuntura, massoterapia e florais, além de palestras, rodas de conversa e oficinas. No dia 2 de abril, a programação chega ao fim com a entrega, às 18h, do prêmio Inês Etienne Romeu, na Câmara Municipal de Niterói. A agenda completa está disponível no site: http://www.niteroi.rj.gov.br/


Selo – Na solenidade da última quinta-feira (1º), organizada pela Coordenadoria e pelo Conselho Municipal de Políticas para as Mulheres, foi lançado o Selo Codim: 15 anos de Políticas pelos Direitos das Mulheres.  O evento também contou com a apresentação musical de alunos do Projeto Aprendiz e a presença de representantes dos órgãos envolvidos na programação.