Niterói Presente chega a Santa Rosa e Jardim Icaraí Imprimir

nms-sta

12/03/2018 - Os agentes do programa Niterói Presente iniciaram na manhã desta segunda-feira (12) o patrulhamento nas ruas de Santa Rosa com uma novidade: parte do efetivo utilizará motos. Os veículos darão mais agilidade no atendimento às solicitações de moradores e comerciantes do bairro. A chegada a Santa Rosa dá início à terceira fase do programa, que começou a ser implantado em Niterói em dezembro. Icaraí e Centro foram as duas primeiras áreas beneficiadas. O Jardim Icaraí, entre Icaraí e Santa Rosa, também estará no roteiro de policiamento do Niterói Presente. Parte dos efetivos de Icaraí e de Santa Rosa também atuará na região.

 

O programa Niterói Presente é totalmente custeado pela Prefeitura de Niterói, através de convênio com o Governo do Estado. Nas próximas fases, o Niterói Presente ainda será levado às ruas do Ingá e Fonseca. A chegada a Santa Rosa foi antecipada por determinação do prefeito Rodrigo Neves diante do aumento no número de assaltos no bairro.

“O Niterói Presente tem se mostrado uma iniciativa importante para a segurança na nossa cidade. Além de reforçar o policiamento nas regiões onde já foi implantado, Icaraí, Centro e, agora, Santa Rosa e Jardim Icaraí, o programa libera os efetivos da Guarda Municipal e da Polícia Militar para combater a criminalidade em outras regiões da cidade, como a Região Oceânica, Fonseca, Charitas, São Francisco e Pendotiba. Esses locais também precisam de uma atenção melhor na segurança por parte da Polícia Militar e da Polícia Civil”, declarou o prefeito.

O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Segurança (GGIM), coronel Paulo Henrique de Moraes, que coordena o programa, disse que o sucesso no trabalho dos agentes depende da colaboração da sociedade, como tem acontecido nos dois bairros onde o Niterói Presente foi implantado.

“Estamos chegando hoje a Santa Rosa e Jardim Icaraí. Área que tem sofrido bastante com a ação de criminosos. Os resultados alcançados até agora na nossa cidade pelo programa são promissores. O Niterói Presente segue as diretrizes do Rio Presente, um programa muito bem-sucedido no Rio de Janeiro. Sendo que aqui a Prefeitura de Niterói custeia sozinha o programa. Mas é fundamental a participação de todos nós para o sucesso da operação. Todos que vivem aqui devem ajudar os agentes, com informações, com denúncias e sugestões”, disse o secretário.

Em Santa Rosa, assim como no Centro e Icaraí, as ruas serão patrulhadas por grupos de três agentes – dois policiais militares armados e um agente civil desarmado – a pé ou de carro e por duplas de agentes em motos. O horário de funcionamento do programa em Santa Rosa será o mesmo das outras regiões, das 6h30 às 22h. Segundo o coronel Paulo Henrique de Moraes, a ampliação do horário de funcionamento em alguns locais está em estudo.

“Fazemos uma avaliação constante e o programa pode passar por ajustes como, por exemplo, no horário de trabalho dos agentes, que pode ser estendido em algumas áreas, se isso for necessário”, disse Paulo Henrique.

Em quase quatro meses de funcionamento, o Niterói Presente já tirou das ruas mais de 40 criminosos com mandado de prisão expedido pela Justiça. No período também foram presos em flagrante dois por roubo, cinco por furto, três por porte ilegal de arma de fogo, três por tráfico de drogas, dois por receptação de objetos roubados e cinco por porte de arma branca, entre outras ações.

Em Santa Rosa, o Niterói Presente terá um efetivo de 50 homens. No Centro são 150 agentes e em Icaraí, 100. Os PMs que atuam no programa trabalham em seus dias de folga e recebem para isso uma remuneração da Prefeitura de Niterói. O programa conta também com a participação de agentes civis, que têm a função de apoiar e filmar as operações.

A solenidade que marcou o início do trabalho das equipes em Santa Rosa foi no Polo Gastronômico do Jardim Icaraí.