Mais R$ 27 milhões em obras para o Caramujo Imprimir

05/07/2018 – A Prefeitura de Niterói deu início nesta quinta-feira (05-07) a mais uma etapa do pacote de investimentos na infraestrutura do bairro do Caramujo, na Zona Norte. Serão mais de R$ 27 milhões dos cofres municipais para obras de drenagem e pavimentação, implantação de áreas de lazer, esporte e convivência na comunidade Igrejinha. O investimento se integra a obras já em execução, com recursos do BID, na localidade São José e no Viçoso Jardim. Nos últimos cinco anos, a região já recebeu mais de R$100 milhões em contenção de encostas, urbanização, habitação, saúde e educação.

Na Igrejinha, também serão realizadas obras de adequação de escadas de acesso à comunidade, revitalização da área do campo de futebol, implantação de praça e quadra esportiva coberta, além de pista de atletismo, pista de skate e espaço para bicicross. Nas ruas Rua Gustavo Moreira e Arthur Pereira da Mota, serão criadas áreas de lazer com academia da terceira idade e brinquedos para as crianças.

Durante a assinatura da ordem de início para as obras da comunidade Igrejinha, nesta quinta-feira, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, explicou que a previsão é de que todo o trabalho seja concluído em setembro de 2019 e ressaltou os investimentos que vem sendo realizados na Zona Norte.

“O Caramujo era o bairro que apresentava o menor índice de desenvolvimento da cidade. Esta região ficou esquecida durante muitos anos. Com a execução deste projeto, estamos virando essa página na história do Caramujo. Nossa gestão tem um olhar integrado, não olhamos apenas para uma parte da cidade, olhamos para o todo. Desde que assumimos, já entregamos 600 casas populares no Caramujo, revitalizamos o Horto do Fonseca, reabrimos a emergência do Getulinho. Ainda temos desafios, mas estamos seguindo em frente, com muito planejamento e uma gestão responsável”, disse Neves.

O presidente do Centro Pró-Melhoramento do Caramujo, Carlos Belchior, enfatizou que o diálogo entre o governo municipal e a comunidade tem sido fundamental para as melhorias do bairro.

“Esta obra, com certeza, vai mudar a realidade do Caramujo. Temos conseguido importantes conquistas para o bairro após décadas de esquecimento. Estamos muito felizes com a realização deste projeto, que trará muitos benefícios para os moradores, principalmente, para as crianças e os jovens”, enfatizou Belchior.

No São José, também na região do Caramujo, as obras de urbanização e infraestrutura já estão avançadas e beneficiarão 1.500 famílias.  As intervenções na comunidade fazem parte do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (Produis), que é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O investimento é de aproximadamente R$ 45 milhões. Na localidade conhecida como Sem Terra, próximo à Estrada do Viçoso Jardim, já foram concluídas três das seis contenções previstas. Também há obras em andamento na encosta da Travessa Nova Esperança, onde as obras de drenagem estão em fase de conclusão. Na Rua Jardim Alvorada, foi iniciada este mês uma intervenção para contenção de encostas.

Contenção – Nos últimos cinco anos, a Prefeitura de Niterói já realizou mais de 50 obras de contenção, onde foram investidos mais de R$ 150 milhões. Entre elas, pontos na Grota do Surucucu, em São Francisco; Morro do Holofote, no Fonseca; Morro do Palácio, no Ingá; Rua Engenheiro Guilherme Greenhalgh, em Icaraí; Rua Fagundes Varela, entre Ingá e Icaraí; além da obra na Rua Martins Torres, em Santa Rosa, concluída no início de março, onde uma pedra de 25 toneladas rolou em 2015.