HackNit: primeira maratona tecnológica de Niterói já tem participantes definidos Imprimir

20/08/2018 – Os 120 participantes do HackNit, a primeira maratona tecnológica de Niterói, já foram selecionados pela Secretaria de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle (Seplag). A maratona será realizada de sexta (24) a domingo (26), na Casa do Conhecimento, no Caminho Niemeyer, Centro de Niterói. A lista completa dos contemplados está disponível na página do evento no Facebook (www.facebook.com/maratonahacknit). Todos os sorteados receberão um e-mail confirmando a participação no evento.

Durante 36 horas, os participantes terão a missão de encontrar soluções de tecnologia para os gargalos da segurança pública, meio ambiente, conservação, saúde, educação e mobilidade urbana a partir de desafios lançados por gestores da área.

Os projetos mais viáveis e mais próximos das metas de políticas públicas previstas pela gestão municipal serão premiados. O primeiro colocado receberá R$ 20 mil, o segundo, R$ 10 mil e o terceiro, R$ 5 mil. As propostas serão avaliadas por um corpo de jurados formado por especialistas na área de tecnologia, inovação e empreendedorismo.

Os participantes estão divididos em quatro categorias: entusiastas (15), empreendedores (15), designers (25) e programadores (65). A prefeitura irá disponibilizar informações e bancos de dados do município aos participantes. Contudo, cabe ressaltar que as informações originais foram alteradas para preservar a identidade dos profissionais envolvidos. Os participantes também contarão com toda a estrutura necessária, desde alimentação até espaço para descanso e banho, para desenvolver seus programas e aplicativos.

Um total de 259 pessoas se inscreveram para participar do primeiro Hackthon de Niterói e destes 120 foram selecionados para fazer parte do grupo de hackers do bem. Se houver desistência entre os sorteados, outros inscritos poderão ser convocados. A abertura da HackNit será às 18h. Contudo, o espaço estará aberto a partir das 16h30 para credenciamento dos participantes.

Fórum – Quem ficou de fora do sorteio ainda tem uma chance de viver o clima da primeira Hackthon de Niterói e de aprender um pouco mais sobre a aplicação da tecnologia na gestão das cidades.

No sábado, segundo dia da maratona, será realizado, a partir das 14h, no auditório do Caminho Niemeyer, o fórum Transformação Digital nas cidades. Aberto ao público e com entrada franca, o fórum contará com dois painéis de debate. O primeiro acontece das 14h às 16h e tem como tema Cidadania e Informação.

Os palestrantes serão a fundadora da ONG Mini Fazenda Urbana e CEO da JVE Consultoria, Maria Mazzarello; a diretora de Inovação da ASSEPRO-RJ, responsável pelo Fórum Internacional Hacking.Rio, Cláudia Wilson; o coordenador da Frente de Cidades dos Estudos de IoT do BNDES e economista do Departamento de TIC do BNDES, Eduardo Kaplan Barbosa e o Digital Lead Program da Engie Digital, Vincent Vandenberge. A secretária Giovanna Victer será a mediadora do painel.

“Durante os três dias de HacKNit queremos respirar inovação e ampliar ao máximo o debate sobre smartcities, modernização da gestão pública, a importância da tecnologia para a qualidade dos serviços públicos. Enfim, essa discussão paralela durante a HackNit fortalece as nossas metas de construir a Niterói que queremos a partir de uma gestão participativa que contemple tanto o interesse dos gestores quanto da população”, destaca Giovanna.

O segundo painel será sobre Tecnologia e Soluções, que acontece das 16h às 18h, e será mediado pelo secretário Executivo de Niterói, Axel Grael. Entre os palestrantes estão o pesquisador do Centro de Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade da UFF, André Luís Azevedo Guedes, o diretor-presidente do Centro de Tecnologias Smart e doutorando da UFF, Robson Hilário da Silva e o CEO da THINC, empresa especializada em IoT, Paulo Lerner.