Mais obras de contenção de encostas serão entregues em setembro Imprimir

06/09/2018 O mês de setembro será marcado pela entrega de obras de contenção em diferentes pontos de Niterói. No Caramujo, quatro intervenções estão sendo concluídas: Travessa Jurandir, Rua Selma, Bombeiro Américo e Jerônimo Afonso. No Fonseca, o Morro do Bonfim também terá o trabalho finalizado. O cenário é o mesmo na região central da cidade, com a obra da Rua Moacir Padilha, no Morro do Estado, e na Rua Jandira Pereira, em Santa Bárbara. Para a execução dessas intervenções, a Prefeitura de Niterói investiu, aproximadamente, R$ 22 milhões.

“As obras de contenção de encostas representam maior segurança e qualidade de vida para as famílias que vivem nessas regiões. Essas intervenções que estão sendo realizadas pela atual gestão municipal, permitiram que Niterói não registrasse nenhum evento como deslizamento de terra nos últimos anos e, por conta disso, nenhuma vida foi perdida, diferentemente do que ocorreu em 2010, com a tragédia do Bumba”, lembrou o secretário municipal de Obras, Vicente Temperini.

Em andamento – Mais obras de contenção de encostas estão sendo realizadas em outros pontos da cidade. Na Rua Jonathas Botelho, no Cubango, a obra foi dividida em cinco frentes de trabalho. Em todas essas áreas estão sendo executadas técnicas como cortina atirantada com vigas estaqueadas, solo grampeado e a instalação de guarda-corpos. Com investimento de R$9 milhões, a previsão é de que a intervenção seja concluída no primeiro semestre de 2019.

Já no Morro do Arroz, no Centro, equipes desenvolvem técnicas para a implantação da cortina atirantada com vigas estaqueadas e solo grampeado. Na Ponta da Areia, a Rua São Paulo, na altura do número 121, recebe intervenções desde o fim de julho.

Investimento – Nos últimos cinco anos, a Prefeitura de Niterói já realizou mais de 50 obras de contenção, onde foram investidos mais de R$ 150 milhões. Entre elas, pontos na Grota do Surucucu, em São Francisco; Morro do Holofote, no Fonseca; Morro do Palácio, no Ingá; Rua Engenheiro Guilherme Greenhalgh, em Icaraí; Rua Fagundes Varela, entre Ingá e Icaraí; Travessa Beltrão, em Santa Rosa, além da obra na Rua Martins Torres, em Santa Rosa, concluída no início de março, onde uma pedra de 25 toneladas rolou em 2015.