Guarda ambiental de Niterói resgata papagaio que está na lista de animais em risco de extinção Imprimir

papagaio
26/09/2019
– Integrantes da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói resgataram, no bairro de Várzea das Moças, um papagaio da espécie chauá (Amazona rhodocorytha) que pousou no muro de uma residência e estava com dificuldades para levantar voo. O animal foi levado para tratamento no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CetasRJ), do Instituto Brasileiro do Ambiente e dos Recursos naturais Renováveis (Ibama), em Seropédica. No local, a ave foi identificada e especialistas confirmaram que o animal é de uma espécie que consta na lista nacional oficial de espécies ameaçadas de extinção.

 


 

Os agentes foram acionados pela dona da casa, que fica próxima a uma área de mata, no final da tarde desta terça-feira (25), e realizaram o resgate.

A coordenadoria ambiental da Guarda já resgatou mais de mil animais silvestres na cidade apenas neste ano. Entre as espécies estão corujas, gambás, tartarugas, cobras, gavião bicho- preguiça, e tamanduá, entre outros. Depois de contidos e capturados, os animais passam por uma avaliação e, caso estejam bem, são reintegrados à Unidade de Conservação mais próxima. Em caso de ferimentos ou estado geral debilitado, são encaminhados para instituições parceiras como o Cetas, Centro de Atendimento de Animais Marinhos, Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) de Campo Grande ou Instituto Vital Brazil, se for alguma espécie de cobra venenosa.

“Quem se deparar com um animal silvestre fora de seu habitat ou em condição de risco, deve acionar o serviço de emergência 153. A coordenadoria ambiental da Guarda Municipal de Niterói fará o resgate. Sempre recomendamos que a população não toque ou alimente o animal, pois, para se defender, ele pode atacar, principalmente se se sentir acuado”, explica o subinspetor Edson Jorge, responsável pela Coordenadoria.