HackNit premia soluções tecnológicas para a cidade Imprimir

01/10/2019 – Um sistema que ajude nas decisões de incentivo ao transporte cicloviário baseado em dados reais sobre os ciclistas da cidade e, pelo qual esses ciclistas também possam acessar serviços como reserva de vagas em bicicletários. Essa é a proposta do “BikeNit”, vencedor da segunda edição do HackNit, competição promovida pela Prefeitura de Niterói para incentivar o pensamento sobre soluções tecnológicas para problemas urbanos.

 

 

O projeto foi apresentado pela equipe K5 formada por Leonardo Pio Vasconcelos, Carlos Rafael Herrera Márquez, Ruslán Guerra Marzo, Christian Willian Siqueira Pires e William Moreira Coutinho. Os vencedores levaram o prêmio de R$ 25 mil.

O segundo lugar ficou com a equipe Zeus e o projeto “Fiscalização Inteligente 2.0” para controle da fiscalização de ambulantes, que recebeu R$ 15 mil. Já o terceiro lugar coube à equipe IME, com o “Estuda Aí”, que pelo banco de dados da Educação detecta, por meio de inteligência artificial, alunos propensos à evasão escolar. A premiação foi de R$ 5 mil.

Os integrantes das 10 equipes – selecionadas entre as 16 que participaram da primeira fase – tiveram cerca de um mês para formatarem suas propostas tecnológicas. Durante esse tempo, puderam participar de cursos na área da tecnologia e gestão, ministrados por parceiros da Prefeitura na realização do HackNit, como a IBM, HubNit, BCP Advogados e SEBRAE. Essas equipes reuniram programadores, profissionais ligados ao desenvolvimento de software, designers, empreendedores, professores e interessados por temas sensíveis à administração pública, e seus projetos aplicaram técnicas de Inteligência Artificial (AI), Internet das Coisas (IoT) e Conectividade entre sistemas.