Calçadas e ciclovia começam a ser instaladas na Marquês do Paraná Imprimir

06/11/2019 – As demolições do canteiro central da Avenida Marquês do Paraná estão dentro do cronograma previsto e, durante esta semana, será finalizada a retirada de toda divisória das pistas para assentamento do terreno. Também estão sendo feitas as escavações e colocação do meio-fio no início da Avenida Amaral Peixoto. Em frente à marmoraria da via, está sendo colocado o piso na ciclovia e, no trecho dos prédios dos tijolinhos, está sendo finalizado o serviço de drenagem. Parte das calçadas também está sendo colocada.



As equipes da prefeitura concluíram a execução da drenagem e demarcação da ciclovia na pista sentido Centro-Icaraí. No trecho da Rua Miguel de Frias, em Icaraí, o muro do Clube Rio Cricket foi redefinido para a expansão da calçada.

No trecho da Dr. Celestino até a Avenida Amaral Peixoto já foi concluída a drenagem e delimitação da ciclovia. Também foi finalizada a base da malha cicloviária em frente ao prédio dos tijolinhos. Os recuos nas calçadas em frente ao Hortifruti estão sendo terminados.

Para minimizar o impacto na mobilidade, a obra é executada em duas etapas. Na primeira, os trabalhos se concentram na pista sentido Icaraí. Em seguida, seguirão no sentido contrário. O prazo para finalização é abril de 2020, no entanto, a entrega da ciclovia foi antecipada para dezembro.

O projeto de alargamento da Marquês do Paraná prevê a implantação de uma faixa exclusiva para ônibus em cada sentido da avenida, ciclovia bidirecional, parada de ônibus sobre o mergulhão Ângela Fernandes, nos mesmos moldes arquitetônicos das estações da TransOceânica, além de calçadas acessíveis dos dois lados da avenida, novo paisagismo, melhorias na drenagem, iluminação de LED e sinalização para pedestres.