Secretaria de Urbanismo de Niterói abre concurso público com 19 vagas Imprimir

02/01/2020 - A Secretaria Municipal de Urbanismo e Mobilidade (SMU) de Niterói publicou no dia 31 de dezembro, edital para concurso público destinado ao preenchimento de 19 vagas imediatas para cargos de nível médio e superior, bem como a formação de cadastro de reserva no período de vigência do processo seletivo. Serão dez vagas para arquiteto, sete para fiscal de obras e duas para agente administrativo. As inscrições estarão abertas a partir desta segunda-feira (6) e terminam no dia 6 de fevereiro.


Para o cargo de arquiteto o vencimento inicial é de R$ 2.867,15 com carga horária de 40 horas. O valor da taxa de inscrição é de R$ 70. Para agente administrativo, o salário é de R$ 2.260,93, e para fiscal de obras, R$ 9.882,95, uma vez que para alcançar este valor o servidor deverá atingir a pontuação máxima da produtividade. O valor da taxa de inscrição para estes dois cargos é de R$ 65.

O secretário municipal de Urbanismo, Renato Barandier, enfatiza que este é o primeiro concurso para arquiteto e urbanistas da história da pasta, sendo uma reivindicação antiga. Ele destaca que a iniciativa faz parte da estratégia de fortalecimento institucional da SMU. Em 2019, foi feito o PCCS dos agentes do sistema viário e, em 2016, uma reforma de infraestrutura. O processo seletivo será executado sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

“Temos entregas importantes para a cidade e todo o licenciamento da cidade precisando ser fortalecido, vamos repor esse quadro. Estávamos praticamente com a mesma estrutura desde 1988. Este ano, o Rio de Janeiro receberá o Congresso Mundial de Arquitetura, reunindo profissionais do mundo inteiro, é um evento que acontece a cada quatro anos para discutir o futuro das cidades, da arquitetura e do urbanismo, e já vamos começar o ano lançando este concurso”, diz o secretário, ressaltando que o concurso é uma das diretrizes traçada na conferência das Cidades realizada em outubro do ano passado.alt

Barandier destaca, ainda, que o processo seletivo vai abranger temas atuais dos desafios na agenda urbana para o próximo século, como desenvolvimento sustentável, meio ambiente, mobilidade sustentável e novo urbanismo.

“Essas disciplinas constam no edital na parte de conhecimento específico para vaga de arquiteto e urbanista. É um concurso que vai não só repor quadro de profissionais que se aposentaram, mas também colocar a Secretaria de Urbanismo ainda mais preparada para enfrentar os principais desafios da agenda urbana para o século XXI”, acrescenta.

Para efetuar a inscrição, o candidato deverá acessar, via Internet, o endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/pmn2020, a partir das 14horas do dia 6 de janeiro até as 16h do dia 6 de fevereiro de 2020, preencher o requerimento que será exibido e, em seguida, enviá-lo de acordo com as respectivas instruções. O envio do requerimento de inscrição vai gerar automaticamente o boleto de pagamento da taxa de Inscrição, que deverá ser impresso e pago em espécie em qualquer agência bancária, ou por meio eletrônico.

Serão reservadas vagas aos candidatos com deficiência compatível com o cargo/atribuições, na proporção de 10% das vagas previstas, de acordo com a Lei Municipal n. 1.061, de 29 de abril de 1992. Do total de vagas para o cargo, e das vagas que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 10% ficarão reservadas aos candidatos que se declararem pessoas com deficiência, desde que apresentem laudo médico. O candidato que desejar concorrer às vagas reservadas às pessoas com deficiência deverá marcar a opção no link de inscrição e enviar o laudo médico.

O fato de o candidato se inscrever como pessoa com deficiência e enviar laudo médico não configura participação automática na concorrência para as vagas reservadas, devendo o laudo passar por uma análise da comissão. No caso de indeferimento, passará o candidato a concorrer somente às vagas de ampla concorrência.

Para os todos os cargos haverá prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Os resultados serão divulgados na Internet. As provas serão realizadas no município de Niterói. Para o cargo de fiscal de obras, a prova será no dia 29 de março de 2020, das 8h às 12h. Para os cargos de arquiteto e de agente administrativo, serão realizadas no dia 29 de março de 2020, das 15h às 19h30min. Os locais de prova serão divulgados no endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/pmn2020.

Para o cargo de arquiteto, a prova escrita objetiva será composta por 80 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta. As questões de múltipla escolha dos Módulos I e II valem um ponto cada, e as do Módulo III valem dois pontos cada, sendo 120 pontos a pontuação máxima obtida. Haverá questões de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, legislação institucional, conhecimentos gerais e específicos, desenvolvimento urbano sustentável r noções de computação gráfica.

Para agente administrativo e fiscal de obras, a prova será composta por 70 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta. As questões de múltipla escolha dos Módulos I valem um ponto cada, e as do Módulo II valem dois pontos cada, sendo cem pontos a pontuação máxima obtida.

Os candidatos às vagas de fiscal de obras responderão a questões de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, noções de informática, legislação institucional e conhecimento específico. Já os concorrentes às vagas de agente administrativo vão responder questão de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, noções de informática, noções de arquivologia, noções de administração, administração pública e técnicas secretariais.

Os aprovados serão convocados obedecendo à ordem classificatória por cargo, observado o preenchimento das vagas existentes. Terão sua convocação publicada em veículo de comunicação dos atos oficiais do Município de Niterói. O edital do concurso pode ser consultado no site da Prefeitura de Niterói (www.niteroi.rj.gov.br).