Niterói realiza Dia D de vacinação contra o sarampo Imprimir

Mais de três mil doses foram aplicadas em pessoas de seis meses a 59 anos

09/03/2020 – No último sábado (7), a Fundação Municipal de Saúde de Niterói (FMS) realizou o dia D de vacinação contra o sarampo. Foram mais de 3 mil doses da vacina aplicadas em pessoas de 6 meses a 59 anos que nunca receberam a dose da vacina ou que estavam com o calendário vacinal incompleto.

A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, visitou algumas unidades de saúde.

“Estamos realizando mais uma etapa da campanha de vacinação contra o sarampo. A imunização continua acontecendo durante a semana e é fundamental que as pessoas procurem pela vacina”, disse a secretária.

Bruna Ramos (19), estudante de medicina, esteve na Policlínica Regional Sérgio Arouca e contou que considera muito importante a realização da campanha.

“Esse é um movimento importante para incentivar as pessoas a procurarem uma unidade de saúde e se proteger contra o sarampo. Eu sempre compareço às campanhas para deixar minhas vacinas em dia. Gostei muito do atendimento aqui na Policlínica”, contou Bruna.

Mãe e psicóloga, Julia Ferreira Carvalho (27), também esteve na unidade com sua filha, Manuela (6 meses), para receber a dose da vacina.

“Fico muito atenta às vacinas da Manuela e aproveitei o sábado para dar a dose dela e atualizar a minha caderneta. É muito importante manter as imunizações em dia para se proteger contra as doenças”, falou Julia.

Cerca de 300 profissionais foram mobilizados para atuar nas salas de vacina do município, distribuídas nas policlínicas regionais, unidades básicas de saúde e módulos do Programa Médico de Família.

Além da vacinação de sarampo, a Fundação, em parceria com a Associação Médica Fluminense (AMF), também realizou, no sábado, vacinação de HPV e sarampo na sede da associação.

Sobre a doença – O sarampo é transmitido por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde e está disponível gratuitamente nos postos de saúde municipais durante todo o ano, conforme prevê o calendário nacional de imunização.

Salas de vacina

Policlínicas: Dr. Carlos Antônio da Silva - Rua Jansen de Mello s/nº, São Lourenço; Dr. Sérgio Arouca, Praça Vital Brazil s/nº – Santa Rosa; Dr. Guilherme Taylor March - Rua Desembargador Lima Castro, 238, Fonseca; Dr. Francisco da Cruz Nunes - Rua Ver. Armando Ferreira, 30, Largo da Batalha; Assistente Social Maria Aparecida da Costa - Est. Engenho do Mato s/nº, Itaipu; Dr. Renato Silva - Av. João Brasil, s/nº- Engenhoca; e Dr. João da Silva Vizella, Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto e Policlínica de Piratininga, Rua Marcolino Gomes Candau, 111, em Piratininga.

Unidades Básicas de Saúde (USB): do Centro, Morro do Estado, Santa Bárbara, Engenhoca e Baldeador.

Programa Médico de Família (PMF) e Clínica Comunitária da Família (CCF): Bernardino, Cafubá I, Cafubá II, Cafubá III, Cantagalo, Caramujo, Colônia, Engenho do Mato, Grota I, Grota II, Ititioca, Jonathas Botelho, Jurujuba, Leopoldina, Maceió, Maravista, Marítimos, Maruí, Matapaca, Nova Brasília, Palácio, Preventório I, Preventório II, Souza Soares, Viçoso, Vila Ipiranga, Viradouro, Vital Brasil e CCF Badu, Ilha da Conceição, Teixeira de Freitas e Várzea das Moças, Morro do Céu, Cavalão e Coronel Leôncio.